Bom dia ! Hoje Sábado, 16 de Janeiro de 2021 contato@marceloccunha.com.br
Temos o imóvel certo para você!

Notícias

Black Friday para imóveis? O Google diz que sim!

Postada em 21/11/2020 às 19:20:35

Compartilhar:

Black Friday para imóveis? O Google diz que sim!

Trinta e quatro por cento (34%) maior foi o volume de pesquisas sobre imóveis no mês de outubro de 2020, com o aumento na intenção de compra de 15%, segundo pesquisa encomendada pelo Google e realizada pela Provokers, com aumento também no interesse por aluguel.

Vários são os motivos para que o mercado imobiliário continue sua tendência de alta, vista nos últimos meses, afinal temos uma enorme demanda reprimida, várias opções de lançamentos, para todos os gostos e bolsos, e juros para o crédito imobiliário com taxas nunca vistas.

Isso faz com que muita gente busque no nos imóveis, uma excelente opção de investimento, pois, com a taxa Selic mais baixa da história, muitos investidores estão migrando para o mercado imobiliário, inclusive para imóveis para aluguel que em muitos casos já rendem mais que muitos investimentos mais conservadores.

Aliado a tudo isso, um bom desconto e promoção sempre são bem vindos, não é mesmo? E, é por isso, que muita gente está buscando boas oportunidades de imóveis nesta Black Friday, com um aumento de 15% para na procura, se comparado com o mesmo período do ano passado.

E, mesmo com a queda, de 3% entre março e abril deste ano, na comparação com o mesmo período do ano anterior, conforme os números divulgados de buscas do Google, a retomada no volume de pesquisas sobre imóveis foi de 34% maior em outubro de 2020 se comparado ao mesmo mês de 2019.

Isso se reflete também nas buscas por aluguel (+70%) e compra/venda (+73%). Onde o índice é maior até mesmo que o volume registrado em janeiro, quando o comportamento dos compradores vem acompanhado pelo planejamento de uma vida nova e um imóvel novo, e, é considerado historicamente como o mês de mais buscas que a média do ano, com aumento de 27% no número de pesquisas.

O Google mostrou ainda que o sonho do brasileiro continua sendo a casa própria, desta vez acompanhada por uma série de prioridades, afinal imóvel se consolidou ainda mais como sinônimo de segurança não só pessoal, mas, também para toda a família. O diretor de negócios para Serviços do Google Brasil, Gustavo Souza explica que:

"Com o distanciamento social, a relação com a casa trouxe muitos novos significados e necessidades funcionais: passou a ser o local de trabalho, estudo, exercícios e contínua atenção".


Com isso, as buscas por imóveis apresentaram também outras variáveis de pesquisa como:

  • churrasqueira (110%);
  • piscina (93%);
  • varanda (63%).

Segundo estudo feito pelo Google o volume de pesquisam cresceram (quando comparado agosto de 2020 com o mesmo período de 2019), e, um espaço mais bem delimitado para o trabalho também passou a ser valorizado, com home-office sendo considerado um diferencial na escolha de imóveis por 19% das pessoas.


Outros dados importantes da pesquisa indicam que entre os principais motivos para a mudança estão:

  • a casa não atende mais as necessidades (28%);
  • realizar o sonho da casa própria (25%);
  • sentem que não têm condições financeiras para continuar onde está (22%);
  • crescimento da família (15%)
  • alguém da família está mudando de emprego (15%).

Outras notícias

Me Chame no WhatsApp